25.7.13

INSURGENTE



EditoraRocco
Páginas: 502
Avaliação: 

Sei que algumas pessoas que gostaram muito de Insurgente podem ficar indignadas comigo, mas infelizmente depois de ter dado 5 estrelas para Divergente, me decepcionei demais com Insurgente. 

Quando terminamos um livro que faz parte de uma trilogia, ou série e gostamos muito, ficamos logo ansiosos para adquirir o próximo livro, não é mesmo? E foi assim que aconteceu comigo. Coloquei muita expectativa em Insurgente, e conforme lia cada página ficava pensando que iria melhorar e isso se prolongou até o último capítulo, o que me deixou super entediada e bem irritada. 

O livro continua exatamente onde parou, eles fugindo no trem para a facção da Amizade. Eu achei que a autora falhou muito em não ambientar o leitor. Em séries e trilogias é necessária o mínimo de explicações para que não nos sintamos perdidos, estilo séries de T.V que antes de iniciar um episódio, mostra o que aconteceu no capítulo anterior para nos introduzir na continuação. Eu tive que pegar Divergente e reler o último capítulo e nunca havia precisado fazer isso antes.

Depois disso, entrei de cabeça na leitura, porém comecei a me irritar com as atitudes de Tris, que ficou hiper traumatizada por ter assassinado o Will, e isso se arrasta, e arrasta.... A personagem ficou sem graça, parecia que precisava de um psicólogo para curar o trauma. Eu imaginei que a Tris ficaria ainda mais corajosa e no meu ponto de vista, não foi o que aconteceu em Insurgente. Gostaria muito que ela pudesse encarar melhor toda a situação, porque me transmitiu muita apatia.

No começo me agradei muito com o romance de Tris e Tobias, e até achei esse quote lindo.

"Envolvo sua cintura com um braço e respiro fundo contra o seu ombro. Ele cheira a suor, ar puro e menta. O cheiro de menta é da pomada que usa as vezes para relaxar os músculos doloridos. Ele também cheira a segurança, como uma caminhada por um pomar ensolarado ou um café da manhã silencioso no refeitório."

Com o decorrer do livro, algumas mentiras entre Tris e Tobias, deixou um clima bem desagradável e cansativo.

Em Insurgente as facções estão totalmente abaladas e perdidas. Devido ao ataque da Erudição a Abnegação que ocorre no final do primeiro livro, a Audácia é dividida em dois grupos, os que ficaram do lado da Erudição e o outro grupo que luta contra essa junção. Acontece em específico uma revelação que muda todo o percurso da história, e podemos vislumbrar o aparecimento dos sem facções. 

O que achei legal é que o clima do primeiro livro se arrasta no segundo, na questão de que os personagens transmitem a impressão de que quem é bom pode ser mau e quem é mau pode ser bom, essa jogada me agrada muito o que dá bastante suspense. 

Esse quote descreve bem isso:

"Descobri que as pessoas são compostas de camadas e mais camadas de segredos. Você pode achar que as conhece, que as entende, mas seus motivos estão sempre ocultos, enterrados em seus próprios corações. Você nunca as conhecerá de verdade, mas as vezes decide confiar nelas."

Tem muita ação, mas eu imaginava algo mais tenso que me desse vontade de não querer soltar o livro. Como eu disse, foi apenas no último capítulo que senti uma forte emoção e isso com certeza deixa uma curiosidade extrema para ter o próximo livro o mais rápido possível em mãos. Eu tenho a impressão que o próximo livro vai me agradar bastante, mas enquanto isso não vou alimentar a minha expectativa para que não me decepcione novamente.

20 comentários :

  1. Ótima resenha, muito bem explicada e você não foi a primeira que achou divergente melhor que insurgente!! Bem, ainda não li Insurgente (estou enrolando um pouco), porém estou curioso, li só até o capítulo 3, mas acho que vou reler, pois não lembro muito (só lembro que existe um segredo kkkkk)! O que me deixa ansioso para "Allegiant" é que teremos 2 narradores e isso poderá enriquecer ainda mais a história!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Antonio, eu acho que o próximo livro será muito melhor, quero saber o ponto de vista de Tobias. Bjo

      Excluir
  2. Acho que sou a única pessoa no mundo que até hoje não leu nada sobre essa saga... Vou acabar adiando alguns livros para ler, porque já li tantas opiniões "divergentes" (rs) que estou ficando muito curiosa...

    Abraços!

    www.universodosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão interessante da leitura é esse conglomerado de opiniões, isso é fascinante, né? Bjo

      Excluir
  3. Adorei a sua sinceridade! Não sei se esse livro funcionaria comigo. Sou fã de distopias, mas realmente não sei. haha

    Abraços,
    Igor Gouveia.
    http://www.diariodebordodeumleitor.com/
    (Espero seu comentário lá.)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que por vc gostar de distopias, vale a pena sim dar uma lidinha.
      Valeu. bjo Passo lá sim.

      Excluir
  4. é a primeira resenha que leio desse livro, mas para ser sincera ando por fora das distópias! não ando lendo muito desse genero :/ então to por fora!

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :/ Bora começar Thaila... tem várias muito boas rolando por aí. rs bjinhu

      Excluir
  5. Quero comprar esse livro, preciso teeeer!!!

    Tá, mudando de assunto, eu te indiquei pra um selinho lá no meu blog, espero que goste, beijos!

    http://heybooks.blogspot.com.br/2013/07/ganhei-um-selinho-versatile-blogger.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Isabela, agradeço a indicação. Bjinhu

      Excluir
  6. Adorei a resenha! Você descreveu exatamente oque eu senti ao longo do livro! Nem me fale do romance.. Ficou muito chato e sem graça... Mas enfim, sendo Divergente, a gente é OBRIGADO a ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixou muito a desejar, mas enfim como você disse, depois de divergente é impossível não ler a continuação. bjo

      Excluir
  7. Nossa estou louca para ler!
    E adorei a resenha.

    Bjus,
    http://thesongoftheletters.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena, lê sim Arielle, depois passa aqui para contar. Obrigada! Bjinhu

      Excluir
  8. Eu já li esse livro! hahaha. eu gostei dele, mas achei divergente melhor também! Eu me irritei um pouco com a Tris O.o ... apesar de entendê-la em alguns minutos, em outros eu queria chacoalhá-la. hahahaha. :)

    ResponderExcluir
  9. Me irritei demais também. arrggg rs Bjo Stephanie

    ResponderExcluir
  10. Concordo plenamente com a sua avaliação, li Divergente em dois dias e amei tanto q logo depois comecei Insurgente, mais já estou há mais de uma semana empancada nesse livro e não tô com animo pra terminar, sem paciência com a Tris que está insuportavelmente chata, enfim, quem sabe um dia eu termine, só por curiosidade mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, eu também achei o mesmo. :/ Tomara que o próximo seja melhor. Bjo

      Excluir
  11. Estou louca pra ler Insurgente apesar de ter ficado sabendo que que o livro decepcionou tanta gente... /: Mas que venha Convergente (=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar de eu ter me decepcionado com Insurgente, o final me deixou querendo muito ler Converente.... :)
      Bju

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...